Concentração e meditação – o que são?

a-gratitude-heart-sunrise-pink-rose-dew-1010

Concentração, meditação e contemplação

Do livro de Sri Chinmoy, Meditação, Yoga e a Aventura da Vida

Quando queremos desenvolver força de vontade, usamos a concentração. A mente é inquieta; constantemente ela vai de uma ideia para outra. Ela não consegue pensar em uma coisa por mais de um breve minuto. Na concentração, focamos apenas num objeto ou situação. Não permitimos que nenhuma outra coisa entre na nossa mente. Caso soubermos focar nossa concentração em um ponto ou num dos nossos chakras, poderemos nos concentrar ali. Através da concentração poderemos jogar fora os muitos pensamentos inadequados e ideias não divinas que estão na mente.

Na vida espiritual, a concentração é como uma flecha. Se a dúvida entrar na nossa mente, o poder da concentração a fará em pedaços. Se o medo entrar na nossa mente, o poder da concentração afugentará o nosso medo. A concentração limpa a estrada para que o viajante possa seguir o caminho da meditação. Como podemos desenvolver o poder da concentração? Podemos desenvolver concentração ao ter uma vida disciplinada, uma vida pura.

Quando somos bem sucedidos na concentração, entramos no domínio da meditação. Quando meditamos, entramos no mar vasto, no céu vasto, e a realidade dessa vastidão entra na nossa meditação. Na meditação enxergamos o mar inteiro de uma vez só, ao passo que na concentração o obtemos gota a gota.

Na contemplação damos mais um passo. Na contemplação entramos na realidade, e a realidade se torna parte integrante da nossa vida.

 

Pergunta: Existe alguma diferença entre meditação e auto hipnose?

Sri Chinmoy: Sim. Quando meditamos, tornamo-nos um canal perfeito pelo qual a Realidade superior pode fluir. Entregamo-nos completamente à Vontade de Deus. “Seja feita a Vossa Vontade”: é esse o ápice da meditação. Trazemos a Paz, Luz e Deleite ilimitados de Deus através da nossa meditação devotada, e essa Paz, Luz e Deleite operam em e através de nós de acordo com a nossa receptividade.

Mas quando entramos no mundo da auto hipnose, tentamos impor sobre o nosso subconsciente certas ideias ou mesmo ideais. Convencemo-nos de que tal coisa aconteceu ou acontecerá. Tentamos trazer à tona, seja a partir do mundo subconsciente ou do mundo inconsciente, pensamentos que não são predominantes ou que ainda não imergiram. De forma inconsciente ou subconsciente trazemos essas ideias e nos fazemos sentir que são realidades que algum dia existiram ou que existirão no futuro próximo ou distante. Na mente subconsciente, ideais e ideias formuladas operam.

No entanto, quando meditamos devotadamente, vamos muito além do reino do mundo-pensamento. Aqui a Dança da natureza chega a um fim. Todas as ondas-pensamento cessam e enxergamos a realidade em sua forma pristina.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s